AGRADECIMENTOS

Aos queridos voluntários da FERGS:

Nós perseveraremos na oração e no serviço da palavra. A palavra foi agradável à vista de todos da multidão.” Atos,6-: 4-5

A narrativa daqueles tempos em que a mensagem evangélica inundava corações, consolando, esclarecendo e multiplicando os discípulos, assemelha-se, em muito, às horas vividas nesses dias.

O testemunho, que sempre foi a marca indelével da fé cristã, sobressaiu-se em nossas fileiras, nos dias de preparação, e de maneira tocante, nos dias do Congresso.

A Perseverança foi a virtude, por excelência, a fortalecer o ânimo, diante das noites insones, dos planos que pareciam não dar certo, do corpo doído, do volume de trabalho, das dificuldades traduzidas pelos imprevistos familiares e pessoais que nos vergastavam o trabalhador convocando-nos a exemplificação da coragem que somente a fé esclarecida pode dar.

Foram maravilhosos os instantes de heroísmo silencioso que recolhemos uns dos outros e que permitiram o sucesso do nosso evento.

Fizemos, juntos, a atmosfera de plenitude que contagiou a multidão e permitiu à espiritualidade transformar-nos em auxiliares da tarefa grandiosa, agendada para aqueles dias.

Atestamos a força da união e a necessidade de marcharmos em fileiras para o Cristo, como assevera o apóstolo de Tarso. Não houve fronteira, nem distância que se afigurasse maior do que a aspiração de integrarmos a grande caravana da fraternidade e revivermos as luzes do pacto áureo da unificação.

Dessa forma, recordo uma frase histórica que afirmava ser fácil a missão de comandar homens livres. Basta mostrar-lhes o caminho do dever. A nosso turno dizemos que é fácil liderar homens e mulheres que conhecem o caminho do dever, basta que nos coloquemos a serviço, abrindo-lhes espaço para o trabalho.

Quero agradecer aos meus companheiros da Diretoria Executiva, aos vice-presidentes da nossa FERGS, aos nossos diretores, aos 14 Presidentes de Conselhos Regionais Espíritas, a todas as lideranças municipais, aos Presidentes de todas as instituições federadas ou não, aos nossos trabalhadores que se voluntariaram antes, durante e depois do Congresso, apagando-se em cada tarefa para que o Cristo crescesse no coração de tantos quantos afluíram para Gramado nos memoráveis e inesquecíveis dias de 07,08 e 09 de outubro.

Relembremos, queridos amigos, por dever de gratidão, o nosso Codificador, Allan Kardec, que há 150 anos assegurou-nos que o dia 09 de outubro seria para nós um dia de festa, porque era prenúncio do nosso êxito.

Vitoriosos sois todos!

Que Deus os abençoe.

Com amor fraternal.

Beth Barbieri
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s